Dicas de como levar o cachorro para a praia

Dicas de como levar o cachorro para a praia

No mês de janeiro, principalmente para quem tem crianças em férias escolares, o que muitos querem é viajar e descansar e o principal destino é a praia! Mas tem dono que não se desgruda do seu pet e deixá-lo com amigos ou vizinhos está fora de cogitação. Mas será que é possível levar o animalzinho para curtir um sol no litoral?
Para a médica-veterinária do Hospital Veterinário Pró Vita Rhéa Cassuli Lima dos Santos, os pets precisam de sombra e água fresca, e nada de exposição solar em horários impróprios. “Para ajudar o animal a se refrescar, é importante mantê-lo sempre hidratado. A desidratação é o maior perigo para eles nessa época do ano. E assim como nós, o melhor horário para um passeio é no começo da manhã e no final da tarde, onde o calor e a incidência dos raios solares não são tão intensos”, explica.
Outra dica é ficar atento se o cão tem muito pelo e se irá suportar o calor. De acordo com Rhéa, raças com muito pelo tem maior dificuldade de suportar o calor extremo aqui do Brasil como o Husky, ChowChow, Akita, Sheepdog e São Bernardo. “Para diminuir os problemas, evite passear nas horas de pico de calor, e não se esqueça de que a água fresca deve estar sempre à vontade”, reforça a veterinária.
No entanto, os efeitos maléficos do sol são mais importantes em raças de pelo curto e pele clara como os pitbulls e os bullterriers, que são muito predispostos ao câncer de pele. “Cães de focinho muito curto como os Pugs e Bulldog sofrem pelo super aquecimento e o cuidado com as horas de calor deve ser maior, pois em alguns casos pode levar a óbito”, completa Rhéa.
As doenças mais comuns que o pet pode contrair na praia são aquelas transmitidas por pulgas e carrapatos, entre eles bicho de pé, doença do verme do coração, verminoses e doenças contagiosas como cinomose e parvovirose. Para que isso não aconteça, é fundamental que a vacinação esteja em dia, pois nas cidades litorâneas a incidência de doenças infectocontagiosa é maior.

Fonte: caesegatos.com.br

Deixe seu comentário

Nome*

Email* (Não será publicado)

Website