Dálmatas se tornam pais adotivos de gatinhos órfãos

Dálmatas se tornam pais adotivos de gatinhos órfãos

Os dálmatas Louie e Lady têm um grande coração, assim como a tutora Jennifer Pogue. Ela costuma dar lar temporário para gatos abandonados e seus cães sempre ajudam a cuidar dos filhotes como se fossem pais adotivos.

dalmatas-gatinhos-02

O casal canino dá amor, carinho, banho e brinca com os gatinhos. Atualmente, eles estão com 4 filhotes que têm 1 mês de vida.

dalmatas-gatinhos-01

Jennifer ajuda a ONG Spokane Humane Society.

Ela publica diversos vídeos fofos no Youtube que fazem muito sucesso!

Veja alguns:

 

Cachorro passa por cirurgia de emergência após engolir bola de tênis

Os cachorros vivem aprontando e, às vezes, acabam colocando a vida em perigo por causa das travessuras.

Na Inglaterra, um filhote da raça Dogue De Bordeaux deu um grande susto em seu tutor: ele engoliu uma bolinha de tênis.

Para piorar a situação, Richard Waugh não viu que seu cachorro Zeus havia engolido a bola. Ele só descobriu porque o cão passou mal e foi levado a um hospital veterinário.

Richard acredita que Zeus pegou a bolinha de outro cachorro quando brincava na praia.

O veterinário que realizou a cirurgia afirma que esse é um caso de grande risco de morte.

Por sorte, o problema foi descoberto logo e a remoção também foi rápida.

Zeus, que tem apenas 11 meses, se recuperou totalmente. Será que ele aprendeu a lição?

Fonte: BBC

Balas para gatos – Posso dar as minhas balas para o meu bichano?

Os felinos apresentarem um cheirinho mais forte na boca é normal, afinal, eles são carnívoros e isto faz com que apareçam bactérias na região para quebrar as proteínas. Porém, se você sentir que é caso de dar balas para gatos, pode já ter passado dos limites e chegado a uma halitose felina, ou seja, o mau-hálito.

Sendo assim, uma das principais causas é a falta de escovação de dentes do pet, pois mesmo que a dieta dele seja só de peixes, ela já é o suficiente para manter a saúde bucal do gato em dia, sem a necessidade de recorrer aos produtos específicos para ajudarem a resolver este problema, como as balas para gatos ou mordedores. Contudo, isto ainda é algo que deve ser indicado pelo veterinário, pois o mau-hálito pode ser sintoma de outras doenças e só ele saberá avaliar a procedência.

Não, elas não são.  As dos pets não contém açúcar, por exemplo, e nem chocolate, duas substâncias extremamente tóxicas para eles. Outro componente que pode ser fatal e está na bala para pessoas é o xilitol, por isso, nunca dê guloseimas ou petiscos humanos para os animais, a não ser algumas frutas e legumes, que antes você deve consultar um especialista, porque cada raça, porte e caso tem suas restrições.

As balas para gatos são feitas especificamente para o tratamento de mau-hálito e encontradas nos estabelecimentos voltados para vendas de produtos ao segmento de bichinhos, produzidas de acordo com a preservação da saúde deles, do que eles podem consumir e o propósito delas.

Escovei os dentes, dei as balas para gatos e o mau-hálito não passou. O que pode ser?

Assim que você perceber que o cheiro da boca do seu felino já está mais forte do que o normal, não hesite em levá-lo ao veterinário, pois já não é mais problema das bactérias. Entre as supostas causas estão gengivite, infecção dentária, úlcera ou tumores na boca, além de doenças renais ou estomacais. E quanto antes o problema for diagnosticado, mais rapidamente é o tratamento e maiores as chances de reverter a situação.

Mas para isso não acontecer, lembre-se sempre da escovação dentária, observe a língua, a gengiva e as mucosas da boca do seu pet, nunca dê balas para felinos que não sejam específicas para eles e quando sentir que a saúde bucal do seu peludo precisa de orientação, não espere para buscá-la!

Fonte: CachorroGato @ http://www.cachorrogato.com.br/gato/balas-para-gatos/